sábado, 12 de março de 2011

Feliz Aniversário, Mãe !

 12.03.2011

Eu devia ter escrito esse texto hoje mais cedo, mas só consegui inspiração agora mesmo.
Hoje é aniversário de uma pessoa que eu sempre admirei. Talvez antes admirava com outros olhos. Aos seis anos admirava porque me comprava brinquedos. Aos dez anos admirava porque deixava eu voltar da escola sozinho e confianva em mim. Aos treze eu admirava porque sempre elogiava o que eu escrevia e o que desenhava. Era fabuloso essa sensação. Aos quatorze anos admirei porque eu vi de perto todos os problemas se tornarem reais e ela sempre contornando-os. Aos dezeseis admirava porque ela tentava mostrar que nossa relação não mudaria,e sempre que mudava, ela deixava o tempo passar para nos acertarmos. E hoje, aos dezoito, a admiro porque ela me ama e me aceita da forma que eu sou e não só por isso. Mas também porque os anos passaram e eu pude ver tudo que essa mulher maravilhosa lutou para conquistar, e de fato conquistou. Essa é a minha mãe. Todas as vezes que eu a vi chorar, não foi por arrependimento, mas sim por medo. Medo de ter feito a escolha errada, nunca se arrependendo de nada. Medo de magoar pessoas as quais ela ama ou amou, e que se fizesse isso, seria como se sua vida acabasse. Medo de ver as outras pessoas, essas próximas as quais ela ama, passarem pelas mesmas coisas que ela passou. E as vezes dói ver que algumas coisas que ela faz, são ruins para ela. A machuca. Nunca falei: — Mãe, você quer ajuda? Não sei porque disso. Acho que é porque ela nunca se permitiu demostrar fraqueza. Mas quando olho em seus olhos, em todas aquelas feições de mulher independente, vejo que ela apenas quer ser compreendida, guardada, amada do jeito que ela é. E dói mais ainda ver que eu não posso fazer nada por ela, apenas amá-la incondicionalmente do jeito que faço. As vezes não parece, mas essa relação que nós temos é tudo para mim. Tudo que me dá força. Essa confiança que ela tem em mim é tudo que eu preciso. Tudo que eu não mereço e mesmo assim ela me dá. Uma ótima mãe, uma excelente avó. Uma esplêndida mulher. Feliz aniversário, mãe.



Eu tenho vários motivos pra te amar. Um deles é porque você me faz as menores coisas terem os maiores significados. Eu te amo, mãe <3
Rafael Amorim

Um comentário:

Ivan Roberto disse...

Parabéns a D. Vera.